APODI

SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO E APODIENSE DE CORAÇÃO – STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN

HORA CERTA

BODEGA DO WHAKYSHON

BODEGA DO WHAKYSHON
#BOM PREÇO E ÓTIMO ATENDIMENTO # RUA LUIZ SULPINO. 48, PRÓXIMO A CAIXA D"ÁGUA - APODI-RN @ CEL.: 99614 - 3099 @ ORG.: WHAKYSHON E CLEIDINHA

MEU PRIMEIRO LIVRO

MEU PRIMEIRO LIVRO
VOCÊ APODIENSE TEM MOTIVOS, RAZÕES E CIRCUNSTÂNCIAS PARA ACESSAR O LINK “APODI”, PRINCIPALMENTE, SE ÉS INTELIGENTE E QUE REALMENTE, AMA DE VERDADE SUA TERRA NATAL. VOCÊ VAI ENCONTRAR A MAIOR FONTE DE PESQUISA REFERENTE AO MUNICÍPIO DE APODI

EQUIPE

http://img440.imageshack.us/img440/5965/anigif2ui.gif

SEGUIDORES DO LINK APODI

BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES

domingo, 8 de março de 2009

COISAS DE APODI


HIDROGRAFIA

RIO APODI - MOSSORÓ
APODI/MOSSORÓ O Rio Apodi/Moçoró é o maior rio totalmente norte-riograndense; nasce na serra da queimada, em Luiz Gomes e atravessa a Chapada do Apodi, ao penetrar no município de Mossoró recebe o nome de rio Mossoró, atravessa esta cidade e deságua no Oceano Atlântico, na cidade de Areia Branca, seus principais afluentes Umari e Upanema. No início do século XX este rio era a principal fonte de alimento e dele retirada água que abastecia a cidade.A bacia do rio Mossoró/Apodi é a segunda maior bacia hidrográfica do estado,ocupando uma área de 14.271 km²,o que corresponde a 27% do nosso território estadual.Ele nasce na Serra de Luiz Gomes,no RN,e é o principal rio dos municípios de Pau dos Ferros,Apodi,Felipe Guerra,Governador Dix-Sept Rosado e Mossoró,desembocando também suas águas no litoral norte do estado;São seus afluentes principais: os rios do Carmo, Upanema e Umarí, os riachos Pitombeira, Taúio, Grande e Bonsucesso, e o Córrego Apodi.


BARRAGEM
BARRAGEM DE SANTA CRUZ A Barragem de Santa Cruz foi inaugurada em 11 de março de 2002 , pelo ex-presidente da República FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, com do ex-governador GARIBALDI ALVES FILHOe do ex-prefeito, Dr. JOSÉ PINHEIRO BEZERRAe é o segundo maior reservatório de água do estado. Sua capacidade total de armazenamento é de 600 milhões de metros cúbicos. Atualmente, sua área de irrigação é de 9.236 hectares. São beneficiadas um total de 27 cidades da região, famosa por ocupar posição de destaque na economia nacional como um pólo fruticultor. Outros 17.136 hectares serão aproveitados após a implantação do Projeto de Transposição de Bacias do Rio São Francisco. É uma das maravilhas do RN.

COMUNICAÇÃO


RÁDIO VALE DO APODI - FUNDADA EM 23 DE JUNHO DE 2002 PELO DEPUTADO FEDERAL NEI LOPES DE SOUZA, HOJE PERTENCENTE AO GRUPO POLÍTICO DA PREFEITA GORETE PINTO


BLOG WEST NEWS - Fundado a 18 de dezembro de 2008
PORTAL KGB
BLOG DO SINDICATO DOS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DO RIO GRANDE DO NORTE, REGIONAL DE APODI, COM SEDE NA RUA NOSSA SENORA DA CONCEIÇÃO, CENTRO. ATUAL PRESIDENTE É O PROFESSOR PEDRO FILHO


FM CIDADE - FÁBIO SOARES


LINK MAIS – Instalada em 5 de fevereiro de 2004

BR 405 – KM 75 – SÍTIO CANTO DE VARAS – APODI

ORGANIZAÇÃO: JULIMAR VALDEVINO DA COSTA, natural de Apodi, nascido em 24 de maio de 1964, filho de Francisco Valdevino Sobrinho e de Maria Lucira Valdevino.

HIPERNET - 28/03/2009 - DE HUMBERTO BANDEIRA

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE APODI
Rua Padre Benedito Alves, nº 260 – Centro – Fone:
(84) 3332427 – CEP – 59.700-000
A CDL-CÃMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS, antigo Clube de Diretores Lojistas, de Apodi foi fundada em 2 de agosto de 1991, e teve como primeiro presidente o empresário bem-sucedido PEDRO TERCEIRO DE MELO e atualmente tem em sua presidência o comerciante e Oficial de Justiça Gilvan Alves. A CDL desde a sua criação tem introduzido no município de Apodi uma dinâmica toda especial de atuação máxima no setor comercial. Com esse pensamento a CDL é vista pela FCDL-FEDERAÇÃO DAS CÂMARAS DE DIRIGENTES LOJISTAS, como empreendedora e de grande visão estratégica.
GALERIA DE PRESIDENTES DESDE A FUNDAÇÃO:
1º - 02/08/1991 – 12/12/1993 - Empresário PEDRO TERCEIRO DE MELO, natural de Apodi, nascido em 25 de julho de 1956, filho de Luis Gonzaga de Melo, natural de Apodi, nascido em 8 de junho de 1924, filho de Pedro Regino de Melo e de Anailde Freitas Melo. É casado com Dra.Marise Médica Maria Holanda de Melo, natural de Apodi, nascida em 2 de agosto de 1960, filha de Francisco Holanda Cavalcante, “NENEM HOLANDA”, nascido em 8 de novembro de 1918, e de Maria do Carmo Maia Holanda, natural de Apodi, nascida em 21 de julho de 1929.
2º - LIDUÍNA RÊGO – 12/12/1993 – 15/12/1995
3º - ANTONIO Ronaldo SENA
– 16/12/1995 – 27/2/1997 – Natural de Apodi, nascido a 20 de maio de 1965, filho de Jonas Alves de Sena e de Albaniza Lima Sena
4º - GEORGE GURGEL – 28/2/1997 – 15/5/1998 - GEORGE PEREIRA GURGEL, natural de Apodi, nascido a 29 de abril de 1968, filho de Raimundo Cleomar Gurgel, natural de Apodi, nascido a 27 de setembro de 1935, filho de Sergio Pereira da Costa e Elita do Amaral Gurgel e de Maria Vilma Pereira Gurel, casado com ALANA PEREIRA ALVES GURGEL, natural de Caraúbas, nascida a 18 de maio de 1958, filha de Otaviano Alves da Silva e de Maria Elione Azevedo.
5º - 3/10/1998 – 30/08/2003 - Empresário JOSÉ MARIA DA SILVA – – Nasceu na povoação de Barrinha, na época encravado no município de Mossoró e hoje, no de Baraúna-RN, a 18 de abril de 1967, filho do pastor José Jerônimo da Silva e de Margarida dos Santos Silva. Casado com Naida Maria.
6º 01/09/2003 – 2/07/2005 - Comerciante ERINALDO PINTO DE ALMEIDA – 2003 – 2005 – Natural de Apodi, nascido em 28 de julho de 1972, filho de Antonio Gomes de Almeida e de Eliete D. de Oliveira Torres.
7º - Comerciante - JOSÉ GILVAN ALVES – 2 de julho de 2005 7 2 de julho de 2007. Natural de Apodi, casado com Regina Duarte Marinho Alves, nascida em 10 de janeiro de 1973, filha de João Batista Marinho e de Anailde Duarte Marinho.
DIRETORIA PASSADA: Presidente – JOSÉ GILVAN ALVES, Vice-presidente – ERINALDO ALMEIDA, 1ºdiretor-secretário – ROSIVAN DUARTE, 2º diretor-secretário – CAUBI CÂMARA, 1º diretor financeiro – MÁRCIO VALDEVINO, 2º diretor-financeiro – VALDENIR MORAIS, diretor do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) - BRÁULIO RIBEIRO, diretor de eventos - ELEUSA MOREIRA GURGEL, Conselho Fiscal: FRANCISCO DAS CHAGAS DA COSTA, EDIVAN FLORÊNCIO, FRANCISCO BATISTA DE ARAÚJO, Consultivo – PEDRO TERCEIROO DE MELO, LÍDUINA REGO, GEORGE PEREIRA GURGEL e JOSÉ MARIA DA SILVA.
Durante a gestão de Gilvan Alves foram instalados dois importantes serviços na CDL. O PRIMEIRO FOI O BALCÃO Sebrae, através de uma parceria entre as duas entidades, que tem trabalhos junto à micro e pequenas empresas, dando a elas uma base de apoio técnico e impedindo que falta de informações seja responsável pelo seu fechamento. O Balcão ainda oportuniza os microempresários importantes tomadas de decisão, mediante consultorias, para retiradas de empréstimos e financiamentos bancários.
Outro órgão importante foi o Telecentro, que veio de uma parceria entre CDL e Federação das Câmaras de Dirigentes (FCDL), que através de cursos na área de muitas pessoas, lojistas ou não, a custo muito baixo da tabela normal, e ainda beneficiando a custo zero jovens de baixa renda, mediante bom desempenho escolar. Só nos primeiros seis meses foram formados mais de 200 jovens através de cursos subsidiários.
ATUAL PRESIDENTE:
Rosivan Duarte Marinho 16/08/2007

DIRETORIA
Presidente – Rosivan Duarte Marinho
1º vice-presidente – Antônio Márcio Brilhante Valdevivino
2º vice-presidente – Francisco Júlio Marinho
Diretor-secretário – Caubi de Oliveira Câmara
Vice-diretor-secretário – Francisco Pereira do Amaral Filho
Diretor financeiro – Antônio César de Morais
Vice-diretor financeiro – Valdenir Farias de Morais
Diretor de SPC – Roberlan Ricardo Gurgel Queiroz
Diretot de eventos – Francisco Adailton Torres.
O empresário Rosivan foi eleito no dia 30 de junho de 2007 e tomou posse em 2 de julho, escolhido em chapa ÚNICA, após decisão unânime dos membros da diretoria passada, tendo como companheiros de mandatos os lojistas Márcio Valdevino e Francisco Júlio Marinho
A entidade oferece aos seus associados os serviços de SPC, que realiza consultas ao Banco de Dados Nacional e disponibiliza informações sobre registro de débitos e cheques, um posto da JUCERN, além de um escritório permanente do SEBRAE. Além de oferecer aos clientes o Cartão CDL, criado em 2002, com o objetivo de colaborar com o desenvolvimento e fortalecimento do comércio apodiense, ajudando a aumentar a lucratividade das empresas. Além de ter criado a campanha APODI COMPRE E GANHE que aumentou o desempenho de vendas e contemplando vários consumidores de Apodi e região.
A CDL de Apodi apresenta um programa semanalmente denominado de “CDL EM DEBATE”, que vai ao ar aos sábados através da Rádio AM “Vale do Apodi” (1030 KHz, inaugurada em 23/06/03, de propriedade do ex-deputado Federal Ney Lopes de Souza). Esse programa foi criado com o objetivo de divulgar as ações da CDL de Apodi.
A CDL de Apodi possui sua sede própria situada na Rua Padre Benedito Alves, nº 260 – Centro, obra iniciada em 2000 e inaugurada em maio de 2003, na gestão do então presidente José Maria da Silva. Trata-se de um belíssimo prédio, com dois andares. O edifício dispõe um auditório denominado de “LEONILDES MARCOLINO”, com capacidade para 75 pessoas e totalmente equipada para atender ás necessidades de constante aperfeiçoamento e está a disposição dos associados, colaboradores e comunidade, seja para realização de cursos, palestras, debates, reuniões e encontros de atualização. A construção da sede própria foi um passo de grande significado na história da entidade, proporcionando maior integração, melhores condições de atendimento e valorização do patrimônio.
O que é uma CDL?
É uma instituição formada de empresas associadas que se reúnem regularmente para, em conjunto, deliberar sobre providências, ações, troca de idéias de informações, visando desenvolver e aprimorar a atividade lojista. E a CDL de Apodi zela pelo aprimoramento constante das relações de consumo.

A 16ª CIRETRAN, subordinado ao DETRAN/RN, com sede na cidade de Apodi foi criada pel o inciso I, do artigo 1º da Lei Estadual nº 6.510, de 17 de dezembro de 1993, sancionada pelo então governador José Agripino Maia. Foi instalada no dia 20 de junho de 1994, que teve como primeiro diretor a pessoa de Marcio Rego, que administrou até 22 de julho de 1995, quando passou para seu substituto legal, na pessoa de José Adailton Targino, que dessa data até a presente data dirige a Ciretran de Apodi.
A Ciretran de Apodi desde sua instalação até 7 de janeiro de 2007 de 2007 funcionou no prédio da rodoviária de Apodi, no Bairro Rodoviário. Com a instalação da Central do Apodi, a 11ª Ciretran passou a funcionar na Central, localizada na Avenida Marechal Deodoro, no Centro da cidade de Apodi.
ADAILTON JOSÉ TARGINO, nasceu na Vila de Soledade, município de Apodi-RN, em 28 de novembro de 1973, filho de José Inácio Targino e de Francisca Raimunda da Costa Targino.

LEI CRIANDO A CIRETRAN DE APODI
Lei nº 6.510, de 17 DE DEZEMBRO DE 1993
Cria a Circunscrição Regional de Trânsito e cargos de provimento em comissão, e dá outras providêncis.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE: Faço saber que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Ficam criadas, no Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (DETRAN), Circunscrições Regionais de Trânsitos (CIRETRANS) nos seguintes municípiois:
I – APODI, com jurisdição sobre o municípioo sede e mais as localidades de Caraúbas, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo.
II – JOÃO CÂMARA, com jurisdição sobre o município sede e mais as localidades de Bento Fernandes, Guamaré, Jandaíra, Jardim de Angicos, Parazinho, Pedra Grande, Poço Branco e São Bento do Norte.

III – MACAÍBA , com jurisdição sobre o município sede e mais as localidades de Ielmo Marinho e São Gonçalo do Amarante

IV – SÃO MIGUEL, com jurisdição sobre o município sede e mais as localidades de Doutor Severiano, Coronel João Pessoa e Venha-Ver.
Art. 2º.........................................................................................................
Art. 3º .......................................................................................................
Art. 4º - A presente Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Palácio Potengi, em Natal, 17 de dezembro de 1993, 105º da República
JOSÉ AGRIPINO MAIA
Maneol de Medeiros Brito

PARQUE DE VAQUEJADA FRANCISCO JOAQUIM DE SALES

Fundado em 26 de agosto de 1987
Fundadores: os irmãos Milton Ferreira Mozart Ferreira Sales
PATRONO:
Francisco Joaquim de Sales, natural de Apodi, nascido em 23 de novembro de 1914 e falecido em 7 de dezembro de 1987, filho de Manoel Galvão Neto e de Maria da Conceição, casado com Raimunda Ferreira de Sales, natural de Apodi, nascida em 1 de maio de 1918, filha de Damião Ferreira Cavalcante e de Mônica Ferreira Cavalcante, com os seguintes filhos: MURILIO FERREIRA DE SALES, nascido em 1º de abril de 1947; MARINALVA FERREIRA DE SALES REGO, nascida em 30 de abril de 1940; MARINETE PINHEIRO DE FRANÇA, nascida em 1º de maio de 1943, casada com Raimundo Pinheiro de França, natural de Apodi, nascido em 23 de novembro de 1923, filho de Luiz Pinheiro e de Maria Sebastiana da Conceição; MAURÍLIO FERREIRA DE SALES, nascido em 10 de abril de 1941, LUIZ FERREIRA SALES, MARINALVA FERREIRA DE SALES, MARILENE FERREIRA DE SALES REGO, ex-esposa do Dr. José de Albuquerque Rego, natural de Apodi, nascido em 3 de janeiro de 1952, filho de José Albuquerque Rego e de Guiomar de Albuquerque Rego; MARIA FERREIRA DE SALES e SOUZA, nascida em 4 de maio de 1949; MOZART FERREIRA DE SALES, nascido em 25 de outubro de 1960, MILTON FERREIRA DE SALES, nascido em 6 de junho de 1955, casou-se em 14 de junho de 1975, com Edna Carvalho de Morais e Sales; MAURA FERREIRA DE SALES E SOUZA, nascida em 4 de maio de 1949, casada com Paulo Néri de Souza, natural de Apodi, nascido em 19 de dezembro de 1947, filho de Felipe Néri de Souza e de Francisca Dantas de Souza; e RAIMUNDA FERREIRA DE SALES, nascida em 5 de outubro de 1962, casada com Tarcísio Freire, natural de Apodi, filho Francisco Paulo Freire e de Benedita Ferreira Freire.

Rua Manoel Nogueira, s/nº - Peque – km 74 da BR 304 – saída para Mossoró
LOJA MAÇONICA VALE DO APODI - Fundada a 16 de outubro de 1982
EX-VENERÁVEIS

1980/84

ALTINO DIAS DE PAIVA, natural de Umarizal-RN, antigo povoado de Gavião, nascido a 18/6/1964, filho de Emilio Dias de 0liveira (l890 – 6/9/1974) e de Joana Dias de Paiva (1894 – 01/9/1974). Chegou em Apodi no dia 19/9/1942, vindo da comunidade de Gavião. Casou-se em 25/12/1954 com Anita Marinho, natural de Apodi-RN, nascida em 28/1/1932, filha de José Marinho da Mota e de Zulmira Marinho. Altino foi o primeiro proprietário de um grupo musical de Apodi, denominado de Explosivo, fundado em 1974. Foi também o primeiro dono de cinema apodiense, o Cine 0deon, inaugurado em janeiro de 1964. Primeiro Venerável da Lola Maçônica Vale do Apodi, fundada a 16 de outubro de 1982. Seu pai foi o primeiro professor noturno de Gavião. Pai do ex-prefeito e atual vice-prefeito Evandro Marinho de Paiva

BATISTA DE A SERTANEJA - 1984/1988

IVAN DANTAS - 1988/1992

JÚNIOR BEZERRA - 1992/1996

BATISTA CAICÓ - 1996



ZECA - 2000/2004


ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS
Praça Francisco Pinto, s/nº - Centro
Fundada em 23 de março de 2006
“A SABEDORIA NA ANTECIPAÇÃO DAS CONSEQUÊNCIAS” – Normam Cousing
A AAPOL-Academia Apodiense de Letras foi instalada às 10 horas, do dia 23 de março de 2006, na Casa de Cultura de Apodi, a primeira instituição de preservação histórica e literária de Apodi. A criação da AAPOL foi uma iniciativa do historiador Marcos Pinto, principal estudioso da cultura apodiense, cuja iniciativa foi alimentada por vários anos pelo saudoso Jerônimo Vingt-um Rosado Maia que insistia que Marcos Pinto criasse a Academia Apodiense de Letras.
PRIMEIRA E ATUAL DIRETORIA
Dr. MARCOS ANTONIO PINTO - Presidente
José de Paiva Rebouças – Vice-presidente
Maria Salomé Oliveira Pinto – 2º Secretário
José Neuremberg de Souza – 1º Tesoureiro
Edvan Pinto – 2º Tesoureiro
Leila Carla Dantas de Sena – Diretora Social -
Dr. William Lopes Guerra – Diretor de Patrimônio
CONSELHO FISCAL
Antonio Rosemberque Pinheiro e Mota
Dionísio Cosme Neto
Edvan Pinto
Maria do Socorro da Silveira Pinto
Flaviano Moreira Monteiro
MISSÃO
Contribuir com o desenvolvimento cultural da cidade; destacar a memória desta terra; estimular a produção literária, artística, cientifica e ao espírito humanista, valorizando a sabedoria prática e a tradição oral de homens e mulheres acadêmicos do saber e da Cultura Potiguar.





ASSOCIAÇÃO CULTURAL E DESPORTIVA APODIENSE
Fundada a XIV – VII - MCMLVII

ACDA – A entidade não é a única que mantém u, clube na cidade, mas sem dúvida é a mais importante na integração social de Apodi.
Não poderia ser diferente, afinal a ACDA hoje tem uma história para contar, cheia de sucesso. Seus 52 anos de existência a completar dia 14 de julho DE 1957, são a prova insconstável de sua influência no cotidiano dos apodienses e, também, do seu desempenho para manter saudável a vidam social da população.
A ACDA surgiu de um grupo de pessoas, principalmente comerciantes de dotar a cidade de um clube de diversões. Era um sonho antigo que se tornou realidade no dia 14 de julho de 1957. Nessa data, a associação era criada para alegria dos comerciantes José do Patrocínio do Rosário, este primeiro presidente e José Câmara 2º presidente, que comandaram a luta pela concretização da entidade.
A criação da ACDA FOI O PRIMEIRO PARA A CONSTRUÇÃO DO CLUBE SOCIAL. Através da colaboração financeira dos fundadores e alguns interessados pela causa, a associação arrecadou dinheiro suficiente para comprar um imenso terreno em pleno centro da cidade. Na época poucos acreditavam que aquela área se tornaria área nobre de Apoidi. Tempos depois, o clube estava construído e inaugurado. Uma estrutura invejável, com salão de dança, quadra para esporte em diversas modalidades, sala de diretoria e outras repartições.
Bem estruturadas, a ACDA passou a exercer seu objetivo maior, sediando os maiores e mais importantes eventos de Apodi.
O clube ganhou notoriedade além-fronteiras, a partir da realização do tradicional carnaval. De todos o Rio Grande do Norte, o carnaval da ACDA tinha foliões. O evento atraia multidões e era considerado o maior do interior do Rio Grande do Norte, que perdurou de 1962 a 1996, quando naquele ano o clube realizou seu último carnaval.
EX-PRESIDENTE
José do patrocínio do Rosário – 1957
JOSUÉ CÂMARA – 1959
JOSÉ ALCIEUDO DE MORAIS – 1997
VICE – Paulo Viana da Silva
Diretor financeiro – José Cileno Morais
1º secretário – Glaubert Verner Sizenando
2º Secretário – Juvanci Gomes Filho
Diretor de Patrimônio – Francisco Roberto Carlos Morais
Diretor Social – Flaviano Moreira Monteiro
Diretor de Esporte – Keiber Roberto Maia
Diretor Cultural – Antonio Teodoro da Mota Júniot
RICARTE ELOI MARINHO – 1999 –
VICE – Josué Câmara Sobrinho



PATRONO - ANTONIO FRANCISCO TEIXEIRA DE MELO"A cultura forma sábios; a educação, homens."
FUNDADA EM VIII - XII - MMVIII

O município de Apodi testemunhou no dia 8 de dezembro de 2008(QUINTA-FEIRA), o nascimento da primeira Academia Estudantil de Letras do Rio Grande do Norte e do Nordeste e a única depois de São Paulo. Após exatos oito meses de sua implementação na Escola Municipal Professora Lourdes Mota, a confraria foi concebida em solenidade que contou com a presença de figuras ilustres da literatura potiguar.A Academia Estudantil Poeta Antônio Francisco é uma corporação de estudantes interessados no estudo de Literatura e na prática de leitura. Com as adaptações necessárias, a AEL segue os moldes de uma autêntica Academia de Letras, onde os estudantes escolhem patronos e ocupam cadeiras literárias.A proposta possibilita que os envolvidos realizem estudos e participem de reuniões acadêmicas. Segundo a presidente, professora Rokátia Kleanea, a partir do ano que vem a coordenação planeja a organização e realização de saraus, passeios culturais, concursos literários e a apresentação mensal de seminários."Assim como nas academias convencionais, os jovens acadêmicos "imortalizarão" os seus patronos, na medida em que, ao saírem da AEL, ao longo do processo, por qualquer que seja o motivo, serão substituídos pelos suplentes que, a partir do momento em que decidirem sê-lo, já passarão a freqüentar a Academia e a acompanhar os titulares nos estudos literários, para posteriormente assumirem a cadeira pretendida", explicou Rokátia.
JOVENS IMORTAISI
nicialmente, a AEL Poeta Antônio Francisco será constituída por 17 alunas acadêmicas, representando nomes importantes da Literatura Potiguar, autores clássicos e atuais, incluindo a literatura popular, com representatividade proporcional, em relação à poesia e à prosa.A idéia de inserir o projeto na escola surgiu depois de Rokátia conhecer a história da AEL Padre Antônio Vieira, primeira Academia Estudantil de Letras do Brasil, criada no ano de 2005, na Escola Padre Antônio Vieira, instituição da rede municipal de ensino de São Paulo (SP), onde lecionava a idealizadora do projeto, a notável Prof.ª Maria Sueli Fonseca Gonçalves.
QUADRO ACADÊMICOADEIRA Nº 1:
ANTÔNIO FRANCISCO

Antônio Francisco Teixeira de Melo, natural de Mossoró-RN, nascido a 21 de outubro de 1949, filho de Francisco Petronilo de Melo e Pêdra Teixeira de Melo. Graduado em História pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Poeta popular, cordelista, xilógrafo e compositor, ainda confecciona placas. Aos 46 anos, muito tardiamente, começou sua carreira literária, já que era dedicado ao esporte, fazia muitas viagens de bicicleta pelo Nordeste e não tinha tempo para outras atividades. Muitos de seus poemas já são alvo de estudo de vários compositores do Rio Grande do Norte e de outros estados brasileiros, interessados na grande musicalidade que possuem. Em 15 de Maio de 2006, tomou posse na Academia Brasileira de Literatura de Cordel, na cadeira de número 15, cujo patrono é o saudoso poeta cearense - Acadêmica: GLÊNIA ELLEN SOARES DA COSTA. Conheço esse poeta desde menino quando jogavamos bola nas comunidades de Lagoa de Pau, Serrote, Morcego, Camurim e tantas outras, alias, corriamos atrás dela, tendo em vista que nós dois nunca fomos bons jogadores de futebol, o exemplo está aí, eu fui ser policial militar e ele poeta


CADEIRA Nº 2: LUÍS DA CÂMARA CASCUDO - Acadêmica: NATÁLIA DA SILVA ARRUDA


CADEIRA Nº 3: VALTER DE BRITO GUERRA - Acadêmica: ROKÁTIA LORRANY N. MARINHO


CADEIRA Nº 4: JOSÉ MARTINS DE VASCONCELOS - Acadêmica: KARINE PÉRSIA DE LIMA GAMA


CADEIRA Nº 5: JOSÉ LEITEA - Acadêmica: MARIA ISABELA DE OLIVEIRA


CADEIRA Nº 6: MARCOS PINTO - Acadêmica: MARINA
Natural de Santana do Acaraú (CE), 41 anos, casado, pai de três filhos. Um cearense que tem Mossoró como sua terra por adoção. Engenheiro, escritor, poeta, cronista. Mas, gosta mesmo de ser apresentado, e saudado, como professor. Ensina na UERN – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e da UnP – Universidade Potiguar. Segundo ele, é nesse exercício que se realiza plenamente. Um dos idealizadores do Projeto Pedagogia da Gestão, com várias realizações voltadas para gestão, educação e cultura.
Cronista semanal do Jornal Gazeta do Oeste (Mossoró-RN), resenhista literário do Jornal Literário Mensal O Clandestino, Menção honrosa do Prêmio de Poesia Luiz Carlos Guimarães 2003, promovido pela Fundação José Augusto – Natal/RN. No prelo, ainda inéditos, um livro de poesia e outro de contos e crônicas. engenheiro e escritor Antônio Clauder Alves Arcanjo, nascido em Santana do Acaraú - CE, aos 3 de março de 1963. É cronista, resenhista, literário e colaborador de sites, revistas e jornais em vários estados do País. Em 4 de agosto de 200 tomou posse como membro do Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP). Conheça um pouco da vida deste escritor que criou um selo editorial e se tornou uma importante figura da cultura mossoroense.
Eu sou um cearense-mossoroense, nascido no Ceará, mas radicado desde 1986 em Mossoró, município este que me abraçou e me acolheu. Inclusive, já recebi o título de cidadão mossoroense.

CADEIRA Nº 7: CLAUDER ARCANJO -Acadêmica: KATHERINE LAUCIENE CARLOS
CADEIRA Nº 8: AUTA DE SOUZA - Acadêmica: FRANCISCA WILIANNE DA COSTA SILVA
CADEIRA Nº 9: ZILA MAMEDE - Acadêmica: BÁRBARA MICHELLE PINTO MARINHO
CADEIRA Nº 10: MARIA AUXILIADORA MAIA - Acadêmica: BRUNA RAFAELA GOMES DE PAIVACADEIRA Nº 11: DORIAN JORGE FREIRE - Acadêmica: LÍVINA PAIVA DE MORAIS
CADEIRA Nº 12: VICENTE SEREJO - Acadêmico: RAIMUNDO JOVINO DE OLIVEIRA NETO
CADEIRA Nº 13: DIÓGENES DA CUNHA LIMA - Acadêmica: HELLEN JAMILLY BENEVIDE
CADEIRA Nº 14: JERÔNIMO VINGT-UN ROSADO - Acadêmica: LUÍSA MARIA DE ALMEIDA COSTA
CADEIRA Nº 15: FRANCISCO MARTINS - Acadêmica: DANIELE DA SILVA LIMA
CADEIRA Nº 16: HOMERO HOMEM HOMERO HOMEM DE SIQUEIRA CAVALCANTI, Nasceu no Engenho Catu, de propriedade de seu pai - no município de Canguaretama, Estado do Rio Grande do Norte - em 05 de Janeiro de 1921. Descendente de velhos troncos, formadores do nordeste e do Brasil, que enfeixam sangue judeu, português e italiano. Um de seus ancestrais, Mascarenhas Homem, capitão-mor de Penambuco, foi o fundador do Forte dos Reis Magos, à entrada da Barra de Natal e trampolim da ocupação lusitana do Rio Grande do Norte até o Amazonas.
É co-fundador da seção carioca da União Brasileira de Escritores, da qual foi secretário, e fundador da Associação dos Escritores Profissionais da Guanabara, ao lado de Adonias Filho, José Louzeiro, Rachel de Queiroz, Carlos Drummond de Andrade, Plínio Doyle e outros.
A obra literária de Homero Homem - onde a sua grande poesia talvez seja a nota dominante - alinha também o romance, a crônica, a novela, o conto e o teatro. São obras de sua autoria: Cabra das Rocas (Editora Ática, São Paulo), lançado em reedições dentro e fora do país, que já ultrapassam os 350.000 exemplares. Menino de Asas, também sucesso de crítica, adotado desde as escolas de ensino médio às universidades, já ultrapassando 400 mil exemplares de tiragem. Jornalista profissional, os primeiros passos foram dados ainda no Rio Grande do Norte. Homero Homem no Rio, trabalhou como redator político e repórter especial do Diário de Notícias junto a Câmara dos Deputados, além de colaborador do suplemento literário desse matutino. O Estado de São Paulo, Manchete, Última Hora, Revista do Globo, Leitura, foram as etapas posteriores de sua atividade na imprensa.
Acadêmica: ALLYNE LUYZA
CADEIRA Nº 17: CAIO CÉSAR MUNIZ - Acadêmica: THAYANNE SANTOS.

PATRONO
A primeira AEL de Apodi recebeu como patrono maior o cordelista Antônio Francisco. A escolha deste poeta pode até ter causado estranheza a alguns que não conhecem o Antônio e seu tão rico e belo trabalho. Além de um dos maiores cordelistas do Brasil, ele é também um grande compositor e já vem até sendo chamado de o “novo Patativa do Assaré”, devido à qualidade de seus versos. Como um dos maiores objetivos da nossa AEL é valorizar a cultura potiguar, torna-se mais do que justa a escolha desse importante poeta norte-rio-grandense, pois se há algo que encanta é a poesia do cordelista Antonio Francisco. Mesmo para quem não gosta de poesia, seus versos são encantadores.Outros talvez questionem o fato de não ter sido um escritor apodiense o homenageado. Vale no entanto esclarecer que vários escritores apodienses foram, sim, homenageados por nossa academia, dando nome a boa parte das 16 cadeiras literárias (ver quadro acima) e muitas cadeiras certamente ainda serão criadas em homenagem aos talentos literários apodienses e potiguares. É importante frisar ainda que a escolha dos patronos da AEL é feita pelos próprios acadêmicos e assim ocorreu com o nome do Antônio Francisco. O motivo da escolha ficou bem claro para quem esteve, ontem, na Casa de Cultura de Apodi, e pôde ver o poeta rodeado pelas acadêmicas que, encantadas, ouviam-no contar suas aventuras e declamar seus tão belos versos evidenciando a empatia, o carinho e a paixão mútua que já existe entre o patrono e as meninas.
LAMENTÁVEL
Lamento tão somente que as autoridades maiores da educação e cultura de nosso município não tenha comparecido ao evento. Não consigo entender que pessoas que se dizem intelectuais e/ou representantes do povo não apareçam, nem enviem representantes ou sequer se justifiquem a tempo por sua ausência, ao serem convidadas para um evento em que se apresenta a sociedade alternativas de se construir um mundo melhor e mais humano, afinal como diz nosso lema: "A cultura forma sábios; a educação, homens."Mas como bem disse nosso patrono Antônio Francisco, quem perdeu foram eles que deixaram de ver tão lindas representações literárias, tão belas apresentações, tão emocionantes momentos que, como afirma em seu blog o João Moacir, escreveram o nome de Apodi mais uma vez na história, desta vez por ser a primeira cidade do Nordeste a ter uma academia desse tipo e a única no país fora do estado de São Paulo. Mas a ausência dessas autoridades não conseguiu ofuscar o brilho dessa estrela que na noite de 04 de dezembro de 2008 reluziu nos céus de Apodi.
AGRADECIMENTO
Quero aqui registrar meus agradecimentos às autoridades presentes na solenidade:o poeta Antônio Francisco;o grande Caio Cezar Muniz, patrono da Cadeira 16 da AEL;o coordenador da Regional do SINTE, Pedro Filho;o Diretor da Escola Gerson Lopes, Prof. Genildo Carlos;o Diretor da Rádio Cidade FM, Fábio Soares,os representantes da Fundação Municipal da Juventude, Ilderlon Lins e Ravardierisson;a representante da União da Juventude Socialista, Célia Fernandes;o Clube de Desbravadores Maranata;os Grupos de Escoteiros de Apodi;Quero também agradecer a presença dos pais, familiares e amigos das acadêmicas e ainda dos colegas professores, sem os quais este importante momento não teria sido possível.De forma especial quero registrar minha gratidão aos companheiros que desde o começo estiveram comigo, construindo os alicerces deste importante projeto. São eles:A Profª Sueli Gonçalves, grande incentivadora e co-responsável pela criação da nossa AEL;A Mírian Wartushi, poetisa, compositora do nosso hino;O Prof. Clauder Arcanjo, nosso presidente de honra;A Profª Joelina Adriana, 1ª Secretária da AEL;A Profª Magda Silveira, Secretária da AEL;O Escritor e Jornalista Jotta Paiva, vice-presidente desta academia;O Jovem estudante Victor Lima, Diretor Social da AEL;O dedicado Prof. Genildo Souza, nosso Diretor Cultural;Não posso esquecer-me do importante apoio da Prefeitura Municipal de Apodi, da Empresa de Refrigerantes Forró e da Regional do SINTE-RN que proporcionaram a realização do importante evento na noite de ontem. E por último, mas não menos importante, agradeço aos amigos Roberto Fernandes e Júnior Costa que ajudaram de forma incondicional na produção do cerimonial ontem realizado.A todos a nossa gratidão e o desejo de que esta parceria continue para que possamos fazer desta sociedade acadêmica, não apenas mais uma agremiação literária, mas um espaço importante de construção de leitores, escritores e, principalmente, de cidadãos.
QUEM SOMOS
Um grupo de jovens estudantes interessados no estudo de Literatura e na prática de leitura. Segue, com as adaptações necessárias, o modelo de uma autêntica Academia de Letras, ou seja, os estudantes escolhem patronos e ocupam cadeiras literárias. O corpo acadêmico da AEL é formado por 17 estudantes da Escola Municipal Profª. Lourdes Mota. Os trabalhos acadêmicos são coordenados pela Profª Rokatia Kleania e pelo Vice-Presidente da AAPOL, Jotta Paiva.
O QUE É?
Trata-se de um grupo de jovens estudantes interessados no estudo de Literatura e na prática de leitura.
A Academia Estudantil de Letras (AEL) segue, com as adaptações necessárias, o modelo de uma autêntica Academia de Letras, ou seja, os estudantes escolhem patronos e ocupam cadeiras literárias.
Esses estudantes, além de realizarem estudos literários, participarão de reuniões acadêmicas e passeios culturais; organizarão e realizarão saraus, concursos literários, e apresentarão seminários sobre os seus autores; “imortalizarão” os seus patronos, na medida em que, ao saírem da escola ao final do curso, ou por outro motivo ao longo do processo, são substituídos pelos suplentes que, a partir do momento em que decidem sê-lo, já passam a freqüentar a Academia e a acompanhar os titulares nos estudos literários, para posteriormente assumirem a cadeira pretendida.QUEM PODE PARTICIPAR DA AEL?
Inicialmente participarão do corpo acadêmico da AEL 20 estudantes do Ensino Fundamental maior (6º ao 9º Ano) da Escola Municipal Profª Lourdes Mota. No entanto é nosso objetivo futuramente ampliar o grupo e abrir a participação para outros alunos, inclusive, quiçá, de outras escolas.

OS ACADÊMICOS
Os estudantes que compõem a academia são chamados de acadêmicos. Inicialmente, a Academia Estudantil de Letras Poeta Antonio Francisco será constituída por 20 (vinte) acadêmicos, que, em ato solene de posse, ocuparão 20 (vinte) cadeiras literárias, representando nomes importantes da Literatura Potiguar, autores clássicos e atuais, incluindo a literatura popular, com representatividade proporcional, em relação à poesia e à prosa.
NOSSO LEMA:
"A cultura forma sábios; a educação, homens."
Estudar nunca é demais. E quando se trata de literatura, essa atividade é ainda mais envolvente, pois a escrita, a linguagem e o joguete de palavras inebriam qualquer pessoa que se propõe a aprofundar conhecimentos. É com o objetivo de estimular a leitura, bem como o aprimoramento dos estudos literários, que os estudantes da Escola Municipal Professora Lourdes Mota, da cidade de Apodi, formaram um grupo de discussão em maio deste ano.
Hoje, esse grupo está sendo oficializado com a criação da Academia Estudantil de Letras Poeta Antônio Francisco (AEL). De acordo com a presidenta Rokátia Kleania, a AEL foi formada através de uma parceria da escola com a Academia Apodiense de Letras.
A Academia Estudantil de Letras segue os moldes de uma autêntica Academia de Letras: os estudantes escolhem patronos e ocupam cadeiras literárias; realizam estudos e participam das reuniões acadêmicas; organizam e apresentam seminários sobre os seus autores; "imortalizam" os seus patronos, na medida em que, ao saírem da escola no final do curso, ou por outro motivo ao longo do processo, são substituídos pelos suplentes, que a partir do momento em que decidem sê-lo já passam a freqüentar a Academia e a acompanhar os titulares nos estudos literários para, posteriormente, assumirem a cadeira pretendida.
Rokátia Kleania conta que a idéia surgiu quando, acessando a Internet, encontrou a AEL Padre Antônio Vieira, da cidade de São Paulo. "Eu entrei em contato com a professora Sueli Gonçalves e ela me repassou informações. A partir disso, eu tomei a iniciativa de criar um grupo de estudantes, e desde maio deste ano, estamos fazendo reuniões uma vez por semana."
Dentre os objetivos da AEL estão desenvolver o gosto pela leitura nos alunos que já possuem vocação literária e despertar naqueles que não a possuem o desejo de adquirir essa competência, promovendo a inclusão social na aquisição da linguagem e da leitura do mundo, propiciando a elevação da auto-estima como fator preponderante na obtenção de outras habilidades.
Além de conhecer e valorizar a cultura e a literatura potiguar, os alunos estão preenchendo de maneira salutar o tempo ocioso, evitando que se perca em divagações errôneas.
Segundo Rokátia, a AEL já está com atividades planejadas para o próximo ano, como visitas a museus, exposições de arte, saraus, cinemas, teatros, feiras de livro, entre outras, dentro e fora da cidade. Em janeiro, o escritor Clauder Arcanjo fará uma palestra para o grupo. "Queremos também incluir outras artes, como a promoção de oficinas de teatro. Na verdade, pretendemos mexer com a garotada para abrir o leque para ter mais contato com a cultura", afirma.
Inicialmente, a AEL será constituída por 16 acadêmicos, que, em ato solene de posse, ocuparão 16 cadeiras literárias, representando nomes importantes da literatura potiguar, autores clássicos e atuais, incluindo a literatura popular, com representatividade proporcional, em relação à poesia e à prosa.
PATRONO
A escolha do poeta Antônio Francisco Teixeira de Melo para ser patrono maior da AEL se deu pelo fato de esse poeta mossoroense ser um dos principais expoentes da literatura popular do Rio Grande do Norte.
EQUIPE COORDENADORA

Antônio Clauder Alves Arcanjo (escritor e professor universitário) - Presidente de honra
Rokatia Kleania -

ROKATIA KEANIA LOPES MARINHO PINTO , natural de Apodi-RN, nascida a10 de fevereiro de 1973, filha de RAIMUNDO MARINHO PINTO, natural de Apodi, nascido a 9 de agosto de1944, filho Francisco Oliveira Pinto, filho de João de Oliveira Pinto e de Joana Gomes de Oliveira; e de Maria das Dores Pinto, filha de Valentim Marinho de Oliveira e de Antonia Bela de Oliveira; e de IVANISE LOPES DE SENA PINTO,natural de Apodi, nascida a 30 de setembro de 1940, filha de FRANCISCO LOPES DE OLIVEIRA (CHICO LOPES) e ALZIRA ALVES DE SENA.

Graduada em Letras, pela UERN-Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Campus Central, Mossoró-RNc, om Pós-Graduação em Gestão Educacional. Com muito orgulhoexerce a profissão de Professora desde os 17 anos. Leciona Língua Portuguesa na Escola Estadual " Professor Gerson Lopes" , sediada em Apodi e atua na Sala de Leitura da Escola Municipal " Professora Maria de Lourdes Mota", coordenando projetos de incentivo à leitura. Assina colunas em jornais, "Gosta de Ler", e Também faz parte da "Textus" - empresa prestadora de serviços de tradução, revisão e adequação de textos. além de possuir seu blog intitulado de "DIÁRIO DE UMA PROFESSORINHA". Confira na INTERNET

- Presidente de honra


JOSÉ DE PAIVA NETO , conhecido por "JHOTA PAIVA", natural de Apodi, nascido a 17 de junho de 1982, filho de José Mendes Rebouças, nascido a 7 de março de 1949, filho de João Mendes Rebouças e Maria Francisca de Jesus; e Maria Mercês de Paiva, nascida a 20 de setembro de 1949, filha de Saturnino Victor de Paiva e Raimunda Oscarina de Paiva. Casou-se em 2000 com RAIMUNDA ROMANA DE LIMA, natural de Apodi, nascida a 3 de setembro de 1969, filha de João Braz de Oliveira e Antonia Moreira de Oliveira, com os seguintes filhos: MARIA CLARA LIMA PAIVA, nascida a 28 de setembro de 2001 e MARIA CLARICE LIMA PAIVA, nascida a 22 de fevereiro de 2006. È acadêmico de Letras na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Campus de Mossoró. Trabalhou por vários anos na Rádio Vale do Apodi (AM – 1030 Khz ), a Voz do Oeste, fundada em 23 de junho de 2002. de propriedade do ex-deputado federal Ney Lopes de Souza. Colunista dos jornais: “O VALE DO APODI”, de propriedade de Marcio Morais, fundado a 4 de janeiro de 2003 e do jornal “TRIBUNA DO OESTE”, impresso em Mossoró, do jornalista ISAIAS GARCIA, o conhecidíssimo SHAOLIN. E atualmente trabalho no Jornal de Fato, fundado a 28 de agosto de 2000. Editado em Mossoró. Membro e vice-presidente da Academia Apodiense de Letras, fundada em 23 de março de 2006, cadeira 23, que tem como patrono o saudoso RAIMUNDO VALDOCI DE MELO, natural de Apodi, nascido em 26 de setembro de 1948 e faleceu em 1º de janeiro de 2004, filho de Sebastião Oliveira Pinto e de Francisca Gomes de Melo. Jota Paiva é jornalista e escritor
Joelina Adriana (vice-diretora da Escola Lourdes Mota) - 1.ª secretária
Magda Silveira (professora e coordenadora pedagógica) - 2.ª secretária
João Dehon de Sousa (professor de Matemática da escola) - Tesoureiro
Victor Lima (Estudante do ensino médio - Cefet) - Diretor social
Genildo Sousa (diretor da Casa de Cultura de Apodi) - Diretor cultural



PRÉDIOS MAIS ALTOS DE APODI
Prédio da Drogaria Center do empresário e comerciante José Maria da Silva, com 4 pavimentos, localizado na esquina das Ruas Adrião Bezerra e Padre João da Cunha, no bairro Lagoa Seca, erguido em 2002


























Prédio da Casa Morais, de propriedade do empresário Berg Morais, com 4 andares, situado na Rua 7 de Setembro, Centro, construído em 2008

POPULAÇÃO DE APODI
1970 – 27.521
1980 – 31.054
1991 – 31.154, sendo 15.614 homens e 15.543 mulheres
1996 – 34.174, sendo 17.154 homens e 17.861 mulheres. Dos 34174 habitantes, apenas 16353 mil residem na cidade, enquanto, 17.861 mil são moradores das vilas, povoados e sítios
2007 – 34.632 E



13ª DIRED-DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E DESPORTOS (CRIADO EM 11/8/2000), antigo 13º NURE-NUCLEO REGIONAL DE ENSINO (extinto pelo Decreto nº 12.509, de 13 de fevereiro de 1995), posteriormente CENTRO ESCOLAR PROFESSORA ALVANI DE FREITAS DIAS (criado pelo Decreto n° 12.509, de 13/2/1995), com sede em Apodi, instalado em 22 de dezembro de 1976, localizado na Rua Manoel Nogueira, em Apodi-RN, que tem como atual diretora a professora Raimunda Ferreira Freire, natural de Apodi-RN, nascida a 5 de outubro de 1962, filha de Francisco Joaquim de Sales e de Raimunda Ferreira da Silva, casada com Tarcísio Paulo Freire, natural de Apodi, nascido a 14 de dezembro 1960, filho de Francisco Paulo Freire e de Benedita Ferreira Freire. A 13ª DIRED é um órgão estadual subordinado a Secretaria Estadual de Educação, controlador de todos as escolas estaduais nos municípios de Apod, Felipe Guerra, Severiano Melo, Rodolfo Fernandes e Rodolfo Fernandes, nos diversos serviços, como tais: o de administração e controle relativo a pessoal, o de material e patrimônio, e o de inspecionar escolas, e o de promover a assistência técnica de nos ensinos fundamental e médio nos municípios subordinados.

ESCOLAS PARTICULARES


CENTRO EDUCACIONAL PEQUENO PRÍNCIPE
Ensino de Pré-Escolar e Ensino Fundamental
Rua Vereador Abílio Soares, s/nº - Lagoa Seca
Fundado em 6 de agosto de 1990, pela professora Maria Neuma Fernandes, natural de Apodi, nascida em 2 de maio de 1952, filha de João Lucas de Lima e de Maria Augusta Pamplona. Este estabelecimento de ensino iniciou suas atividades ensinando até a 4ª série. Em 10 de janeiro de 1992 passou a ensinar o Pré-Escolar e o ensino fundamental
Como surgiu o ‘PEQUENO PRINCIPE’
Ao longo da adolescência de Maria Neuma Fernandes, ela sempre alimentava o desejo de fazer algo por Apodi. Aos 17 anos assumiu uma sala de aula, observando o fracasso das autoridades diante da educação no município. Sentia que estava na hora de colocar este sonho em prática. Com coragem foi à luta, e em 6 de agosto de 1990, o Jardim de Infância Pequeno Príncipe começou a funcionar em uma casa adaptada. Em 25 de janeiro de 1992 inaugurou o Jardim Escola Pequeno Príncipe atendendo alunos de maternal a 4ª série do 1º grau.
Em 1993, contando com o apoio do prefeito de Apodi, Dr. Pinheiro Bezerra , que reconhecendo a luta da Professora Maria Neuma, resolve ajudá-la, fazendo um convênio de 50 bolsas de estudo para crianças carentes. Em 1994 já trabalhávamos com o pré e o 1º grau menor completo e iniciando a implantação do 1º grau maior. Hoje funcionamos até a 8ª série.
Em 1998 foi ampliado a estrutura física, com construção de salas de 1º andar pois os 750 metros quadrados de área térreas já estava ficando pequena.
DEVIDO ao seu crescimento foi necessário mudar mais uma vez o seu nome passando a chamar-se Centro Educacional Pequeno Príncipe. Naquele ano foi implantada na escola uma sala de informática para melhor servir a clientela. A diretora pretende criar o ensino médio.

ILAJ-INSTITUTO LEODÉCIO ALVES JERÕNIMO
“EDUCANDI PARA MELHOR SERVIR”
Rua 7 de setembro – Centro
Ensino de pré-escola e ensino fundamental.
FUNDADO EM 10 de janeiro de 1995
HISTÓRICO
O ILAJ surgiu de um sonho de Lúcia Jerônimo Alves que precisava tornar-se realidade. Servir aos que necessitavam de um modelo educacional comprometido com a comunidade e o futuro de cada cidadão integrado a esta instituição Educacional. Sua fundação aconteceu no dia 10 de janeiro de 1995, passando a funcionar em 13 de fevereiro de 1995.
A pré-escola tem como objetivo, oferecer condições que favoreçam o desenvolvimento global e harmônico da criança.
O ensino fundamental menor proporcionara ao educando, a formação necessária ao desenvolvimento de sua potencialidade como elementos de auto-realização.
O ILAJ tem como objetivo promordial ver o indivíduo como um todo, preparando-o para a vida com Amor, Paz, e Liberdade.
O ILAJ em 2006 não funcionou.
EQUIPE:
Direção: Lúcia Jerônimo Alves
Supervisão: Josefa de Marilac Soares
Maternal: Raimunda Alves de Menezes Neta
JARDIM 1 : Maria Magneide de A. L. Morais
JARDIM 2: Márcia Helena Oliveira Pereira, e Leci Jerônimo Alves
ALFABETIZAÇÃO: Leniza Jerônimo Alves Diógenes, Antonia Lucivânia da Costa, Genicleide da Costa Carlos.
PROFESSORES: Alderi Elma Morais de Lima, Maria Lucicleide da Costa, Gilmara Sange Diógenes, Sebastiana Viana da Costa Neta, Ana Karla Alves de Araújo Costa, Lavoisier Jerônimo Alves, Erilene Marinho de Morais, Raimunda Nonata Ricarte Cabral, Josefa de Marilac Soares, Eunice Dorotéia de Paiva, Francisca de Assis F. da Costa, Keiber Roberto Maia, Ana Cristina da Costa Rebouças, Maria Eliese Gurgel.
COLEGIO NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Fundado em 18 de março de 1991, cujos fundadores fora: ALDECI BEZERRA JÚNIOR, natural de Apodi, natural de Apodi, nascido em 4 de agosto de 1953, filho de Aldeci Bezerra de Morais e de Martinha Bezerra de Morais; e FABIA REJANE DE MEDEIROS BEZERRA e EVANIA Marinho de Paiva
COLÉGIO NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
COLEGIO NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, foi fundado em 18 de março de 1991, cujos fundadores fora: ALDECI BEZERRA JÚNIOR, natural de Apodi, natural de Apodi, nascido em 4 de agosto de 1953, filho de Aldeci Bezerra de Morais e de Martinha Bezerra de Morais; e FABIA REJANE DE MEDEIROS BEZERRA e EVANIA Marinho de Paiva


INTEGRAÇÃO




FONTE DO SABER


ESCOLAS ESTADUAIS


GRUPO ESCOLAR “FERREIRA PINTO”
Este conceituado e querido estabelecimento de ensino apodiense foi criado através do decreto nº 257, de 25 de dezembro de 1911, sancionado pelo então governador AlbertoFrederico de Albuquerque Maranhão (02/10/1872 – 01/02/1944 e foi inaugurado em 10 de janeiro de 1912, que teve como primeiro professor o mestre Lourenço Gurgel de Oliveira (05/01/1876 – 1931).
Na solenidade de inauguração do Grupo Ferreira Pinto estiveram presente as seguintes pessoas: Dr. José Augusto Bezerra de Medeiros, Dr. Ortulano de Abreu (Juiz de Direito), coronel João de Brito, coronel João Jázimo e o professor Lourenço Gurgel e a professora Urcelina Moura. Cujo evento realizou-se no prédio adaptado. Posteriormente, foi construído prédio próprio na Rua João Pessoa, onde passou a funcionar. No início de 1940 foi transferido para um edifício dotado de melhores requisitos para o ensino, na Rua Padre João da Cunha, especialmente edificado para esta finalidade e passou por uma reforma e ampliação e 1969

DEC

DECRETO Nº 257, DE 25 DE NOVEMBRO DE 1911

Crêa na cidade do Apody um Grupo Escolar denominado – “FERREIRA PINTO”.

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando da attibuição confirmada pelo Código de Ensino Vigente,

DECRETA:

Art. 1º - É creado na cidade de Apody um Grupo Escolar denominado – “FERREIRA PINTO”, comprehendendo duas escolas elementares, uma para sexo.

Art. 2º Revogam-se as disposições em contrário.

Palácio do Governo em Natal, 25 de novembro de 1911, 23º da República

ALBERTO MARANHÃO

Francisco Pinto de Abreu


DECRETO Nº 364, DE 19 DE DEZEMBRO DE 1927
Revoga o Decreto nº 14, de 25 de abril de 1914
O PRESIDENTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de atribuição legal, tendo em vista haver desaparecida a razão que motivou o Decreto nº 14. de 25 de abril de 1914, conforme lhe representou a Diretoria do Departamento Estadual, e considerando que a matrícula e a freqüência das escolas isoladas “Ferreira Pinto”, verificadas nos últimos anos, justificou o restabelecimento da terceira mixta.
DECRETA.
Art 1º - Fica revogado o Decreto nº 14, de 25 de abril de 1914, sendo restaurada a cadeia mixta.
Art. 2º - As escolas isoladas ‘FERREIARA PINTO”, passará a funcionar no próximo ano letivo, como graduações, sob o regime do Grupo Escolar, observados as disposições do respectivo Regimento.
Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.
Palácio da Presidência do Estado do Rio Grande do Norte, em Natal, 19 de dezembro de 1927, 39º da República.
JOSÉ AUGUSTO.
GRUPO ESCOLAR FERREIRA PINTO
Diretores
Ol – Professor Lourenço Gugel de Oliveira (01/01/1912 – 1919)
02 – Urcisina Ferreira Moura – 1919
03 - Professor Abel Furtado – 1920 – 1925
04 - Professora Celita Guimarães Furtado – 1925
05 - Professor Francisco Alves de Vasconcelos – 1926
06 - Professor Francisco Leite de Carvalho – 1927
07 - Professora Beatriz Leite de Carvalho – 1927
08 - Professor Raimundo Reginaldo da Rocha – 1928
09 - Professora Hilda Lopes de Oliveira – 1928
10 - Professor Manoel Jácome de Lima - 1932
11 - Professora Izabeldina de Souza – 1932 – 31/01/1933
12 - Professor Joaquim José Soares – 31/01/1933 a 01/03/1935
13 - Professora Hilda Lopes de Oliveira – 01/03/1935 a 25/09/1936
14 - Professora Maria Solano – 25/09/1936 a 14/01/1937
15 - Professora Hilda Lopes de Oliveira – 14/01/1937
Professora Maria do Carmo Cabral – 06/07/1953
Joelma Pinheiro – 1971 - 1975
Maria Célio Magnus – 1975 - 1979
Maria Sole de Oliveira – 1979
Maria da Saúde de Souza – 1979 - 1983
Maria da Costa Dantas Pinto – 1983 1989
MARIA DO CÉU MAIA.....1989 a 1994
MARIA APARECIDA DE MORAIS OLIVEIRA – 1995
VICE – Soraia Lene da Costa e Silva
AISAMAQUE ALVES DA COSTA – 07/04/2003


ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ANTONIO DANTAS

Decreto nº 4.478, de 9 de junho de 1965
Cria o Ginásio Estadual “Professor Antônio Dantas”
O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 45, nº 7, da Constituição Estadual,
DECRETA:
Art. 1º - Fica criado na cidade de Apodi o estabelecimento de ensino denominado ‘Professor ANTÔNIO DANTAS”.
Art. 2º - o ginásio estadual “PROFESSOR ANTÔNIO DANTAS”, ministrará ensino secundário e se submeterá a todos as normas da legislação em vigor no tocante ao provimento das cadeiras, regime, didática e investidura do respectivo pessoal administrativo,
Art. 3º - A Secretaria de Estado da Educação e Cultura providenciará a instalação do estabelecimento em apreço no prazo de 60(sessenta) dias.
Art. 4º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Palácio da Esperança, em Natal, 9 de junho de 1965, 77º da República.
ALUÍZIO ALVES
Manoel Cordeiro Vilar
ESCOLA ESTADUAL GERSON LOPES
Criada pela decreto nº 8.897, de 15 de março de 1984, publicado no DOE/RN do dia 15/3/84, que teve como primeiro diretor o professor Aldeci Bezerra Júnior.


DECRETO Nº 16.329, DE 13 DE SETEMBRO DE 2002
TRANSFORMA em Estabelecimento de Ensino Fundamental e Médio a Escola “Professor Gerson Lopes” – Ensino de 1º Grau, em Apodi-RN
O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso das atribuições que lhe confere o Art.64, incisos Vê VII da Constituição Estadual e tendo em vista o que consta do Processo nº 222/2002-SECD/RN.
DECRETA;
Art 11º - Fica transformada em Estabelecimento de Ensino Fundamental e Médio a Escola Esatadual “Professor Gerson Lopes” – Ensino de 1º Grau, em Apodi-RN.
Art. 2º - A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e dos Desportos fica autorizada a adotar os atos necessários ao funcioanamento do Ensino Médio.
Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Palácio dos Despachos de Lagoa Nova, em Natal, 13 de setembro de 2002, 114º da República
FERNANDO ANTONIO DA CÂMARA FREIRE
Pedro Almeida Duarte
Portaria nº 442/2003-SECD/GS
Autoriza a oferta do Ensino Médio pela Escola Estadual Professor Gerson Lopes, no município de Apodi, pelo prazo de 5(cinco) anos.
A SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, DA CULTURA E DOS DESPORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o que consta do Processo nº 00040955-5/2002-SECD, e no Parecer nº 98/03-SOINSP-SECD/RN,
RESOLVE:
Art. 1º - Autorizar a oferta do Ensino Médio pela Escola Estadual Professor Gerson Lopes, localizada na Praça Getúlio Vargas, nº 21 – Centro, na cidade de Apodi/RN, pelo prazo de 05 (cinco) anos.
Art 2º - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Publique-se Registre-se e Cumpra-se.
Natal/RN, 25 de junho de 2003.

MARIA DO ROSÁRIO DE FÁTIMA DE CARVALHO
Secretária de Estado da Educação, da Cultura e dos Desportos.
DIRETORES
10 – Aldeci Bezerra Júnior
Vice – Milton Luiz Alves Marinho
02 – Terezinha Marinho Pinto
Vice – Franciscop Gomes de Lima Filho
03 – Francisco Neto de Lima
Vice – Elenilda Gurgel Marinho
04 – Maria Dilma Viana e Castro
Vice – Maria Gorete Xavier Gurgel
05 – Lenilda Leôni Alves Dióges – 08/03/2003
Vice – Solange Gomes de Medeiros Câmara











ESCOLA ESTADUAL ZENILDA GAMA

ESCOLA ESTADUAL SEBASTIÃO DE OLIVEIRA
Sítio Melancia
Criada pelo Decreto nº 269, de 24 de junho de 1937, sancionado pelo governador Rafael Fernandes, publicada no Diário Oficial do dia 26 de junho de 1937 (SÁBADO). Foi instalada em 18 de março de 1938
Essa escola iniciou suas atividades educacionais no ano de 1938, com a denominação de Escola Rudimentar de Melancia. Em 1º de agosto de 1959 passou a ter nova denominação – ESCOLA ISOLDA SEBASTIÃO GOMES DE OLIVEIRA, que teve como primeira diretora a professoara Maria Salome de Oliveira Pinta a qual tomou posse no dia 28 de agosto de 1959. Naquele ano a escola contava com 50 alunos: Pré-escolar e 3ª série. No ano de 1961 foi criada a 4ª série.
Diretores desde 1959
Maria Salome de Oliveira Pinto – 28/08/1958
Luzia Rodrigues = 1961
Maria Edione de Morais - 1993
Sebastião Gomes foi um eterno batalhador para a comunidade de Melancias, conquistando vários benefícios para aquela comunidade.
Pela Portaria nº 576, de 31 de dezembro de 1993, publicada no DOE nº 8181, de 3 de julho de 1998 passou a se chamar Escola Estadual Sebastião Gomes de Oliveira



ESCOLAS MUNICIPAIS




ESCOLA MUNICIPAL


FALS
CASARÃO CRUZ DE ALMAS
O Casarão localizado no final da Rua Manoel Pedro Viana, no bairro de Cruz de Almas, na cidade de Apodi é o mais antigo do Apodi, construído no ano de 1833 pelo alferes Manoel João da Silveira, casado com dona Bonifácia Barbosa de Lucena. O segundo proprietário foi o senhor Luiz Ferreira Leite, casado com Josetina Leite Pinto. Em 1926 o casarão passou a ser propriedade do senhor Valentino Marinho de Oliveira (1905 – 13/09/1964), casado com dona Antonia Bela de Oliveira (1905 – 01/12/1980). Em 1965 o senhor Júlio Marinho de Oliveira (11/11/1911 -05/11/1992), casado com Abília Marinho de Oliveira (09/04/1911). Atualmente o casarão pertence ao engenheiro Eugênio Marinho de Oliveira, filho do saudoso Júlio Marinho.
CASARÃO DO AMENOS
Casarão do sítio Amenos, na zona Rural de Apodi, a poucos metros da rodovia RN 233, tem mais de 200 anos, construído em 1804. O prédio bastante danificado pela ação do tempo, guarda objetos antigos que mostram como era a vida do homem sertanejo. Baús antigos de madeira, mesas e armários, e um varal utilizado para pendurar mantas de carne despertam a atenção dos visitantes. As portas de cumaru ainda possuem as fechaduras originais com grandes chaves de ferro. Os caibros do telhado, feitos de carnaúba, precisam ser trocados. Os moradores atuais do casarão, herdeiros de Severino José da Silva, o Severino do Ameno, apóiam a idéia de transformar o local no museu do homem do campo

PADRE PHILIPE BOUREL, natural de Agripa (Alemanha) falecido na Missão Jesuíta da Aldeia do Lago Pody, no dia 15 de maio de 1709, quando a mesma foi atacada pelos imdigenas Janduís, que apesar de pertencerem ao mesmo grupo taraiiú, eram ferrenhos inimigos daqueles paiacus.

LAJEDO DE SOLEDADE
O Lajedo Soledade é a grande descoberta do turismo histórico do Nordeste. As rochas calcárias formadas a 140 milhões de anos preenchem um espaço de 127 hectares, dos quais 10 são destinados à visitação monitorada, divididos em três áreas distintas: Araras, Urubu e Olho D´água. É possível perceber marcas deixadas pelos humanos há cinco mil anos atrás: pinturas nas paredes das rochas feitas com óxido de ferro, sangue animal e gordura vegetal, que retratam animais, formas geométricas, carimbos de mãos. Mas esses não são os únicos sinais de vida animal no passado. O Museu de Soledade tem um importante acervo com dentes e ossos de mamíferos de 30 milhões de anos, como preguiças gigantes, mastodontes e também fósseis de animais marinhos, que provam que o lugar ficou submerso durante milhões de anos. O Lajedo Soledade fica em Apodi, a 78 km de MOSSORÓ.

CASA DO FERROS DE APODI
A história do comerciante Leonildes Marcolino teve início em 1951, com a instalação de uma bodega na então Vila de Pedra de Abelhas, atual cidade de Felipe Guerra. Em 1954, ele veio para a cidade de Apodi, onde abriu a Casa dos Ferros, deixando o comercio de cereais para atuar no ramo de comercialização de materiais para construção civil e para o campo

CENTRO DE APOIO A JUVENTUDE
Av. Marechal Floriano Peixoto, s/nº - Centro
Construído no ano de 2003, com recursos de várias entidades da Holanda, conseguido pelo Padre Teodoro. O Centro tem sala de vídeo, karapke, jogos de várias variedades, áreas e atividades esportivas e uma pequena quadra esportiva
CLUBE DE DESBRAVADORES DA IGREJA ADVENTISTA DO 7º DIA
Criado em 23 de junho de 1995
PRIMEIRA DIRETORIA
Diretor – Adailton Torres Filho
VICE-DIRETOR – Francisca Vasconcelos de Souza Morais
MEMBROS: Sebastião Maia Cavalcante e Francisca Creusa Cavalcante

CIEM-CENTRO INTEGRADO Dr. EUGÊNIO MARINHO
Rua Antonio Lopes Filho, 188 – Centro
Inaugurado em 8 de março de 2003
Fundador: Dr. Eugênio Marinho
Com ortodonlogias, odontologias, clínico-geral, nutricionista, oftalmologista, bioquímicas, que tem como seriedade e profissionalismo em tudo que fazem

MOTEL SANTA CRUZ
BR 405 – KM 80, saída para Pau dos Ferros
Inaugurado em 10 de março de 2003
Fundador - Luiz Cordeirto
Com aconchegantes oportunidades para os eternos momentos a dois. Serviço de bar. Um paraíso sem fronteiras
ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO VALE DO APODI – FUNDEVAP

A FUNDEVAP foi criada em julho de 1966, que teve como primeiro presidente na pessoa do padre Pedro Nesfs, holandês, tendo desenvolvido um trabalho bastante proveitoso para a comunidade. A FUNDEVAP tem como finalidade promover o homem do campo e da cidade, nos aspectos social, cultural, econômico e esportivo, tendo em vista que é responsável pelo estádio de futebol Antonio Lopes Filhos.

COTREMA – COOPERATIVA DOS TRABALHADORES MÚLTIPLOS SERVIÇOS DE APODI
Fundada em 16 de fevereiro de 1998, que teve como primeira diretoria assim constituída: ANTONIO FRANCISCO GURGEL – presidente e MARIA AUXILIADORA DA SILVA MAIA – Vice-presidente. Sua sede própria situada na Rua Gov. Dix-sept Rosado foi inaugurado em agosto de 200.

COOPERATIVA POTIGUAR DE APICULTURA
Rua Sebastião Sizenando, s/nº - Lagoa Seca
Fundada em 3 de abril de 2004
Foi a primeira cooperativa desse gênero no estado do Rio Grande do Norte. A solenidade de criação se deu na sede Câmara Municipal de Apodi no dia 3 de abril de 2004 e contou com a presença de apicultores da região e autoridades de do Rio Grande do Norte. A entidade conta com total apoio do prefeito de Apodo, Dr. José Pinheiro Bezerra, FETARN, SEBRAE e Federação de Apicultura do Rio Grande do Norte. AGUA
ÁGUA MINERAL


Fundada em26/06/2000


Gerente – Bráulio Ribeiro da Rocha, natural de Natal, nascido em 26 de julho de 1960, filho de Segundo Francisco da Rocha e de Rita Ribeiro da Rocha.


ESSÊNCIA DO CAMPO
ILA – INDÚSTRIA DE LATRICINIOS DE APODI
SÍTIO PEQUÉ
FUNDADA EM 27 DE NOVEMBRO DE 1997
FUNDADOR: Dalton Barbosa Cunha Filho, agropecuarista e empresário, natural de Apodi, nascido em 13 de junho de 1966, filho de Danton Cunha e de Terezinha Mendes Cunha

ESCOPADEIRA DE ARROZ BRENO
Rua Sebastião Sizenando, s/nº - Apodi
Fundada em 12 de dezembro de 1995
Proprietário – Breno Cabral Galvão

REFRIGERENTES FORRÓ
LAJEDO INDUSTRIA E COMÉRCIO DE PRODUTOS DE ALIMENTOS E BEBIDAS LTDA
Rua Joaquim teixeira de Moura, 1385 - Apodi - RN

ADRIANO TROVO DE FREITAS, natural de Maguelópolis-SP, nascido a 4 de abril de 1968, filho de Francisco Sebastião de Freitas Neto e de Alice Trovo de Freitas. Formado em Administração e casado com Cristina Oliveira Freitas, com dois filhos: FELIPE OLIVIRA DE FREITAS e GEOVANNA OLIVEIRA DE FREITAS

ADRIANO TROVO DE FREITAS, natural de Maguelópolis-SP, nascido a 4 de abril de 1968, filho de Francisco Sebastião de Freitas Neto e de Alice Trovo de Freitas. Formado em Administração e casado com Cristina Oliveira Freitas, com dois filhos: FELIPE OLIVIRA DE FREITAS e GEOVANNA OLIVEIRA DE FREITAS



CASA DE CULTURA POPULAR “PALÁCIO SOLEDADE
Praça Francisco Pinto, s/nº - Centro
Inaugurada em 9 de novembro de 2005
A Casa de Cultura Popular de Apodi é a 13ª implantada pelo Governo do Estado com o objetivo de descentralizar e democratizar o acesso à produção artística do Rio Grande do Norte. Foram investidos na adaptação do prédio R$ 301 mil, sendo R$ 245 mil na reforma física e mais R$ 56 mil em equipamentos, que inclui a climatização com ar condicionado. "Estamos oferecendo instrumentos para alavancar a arte do nosso Estado que vão refletir na geração de renda para os artesãos, os artistas de cada município que recebe a Casa de Cultura", diz a governadora Wilma de Faria.. O Palácio soledade está assim dividido: Administração – ERLANA RODRIGUES DE MORAIS, TEATRO – FRANCISCO ANTONIO DANTAS, Box – FRANCINARA M. DE CASTRO OLIVEIRA, Biblioteca – ODAIR JOSÉ CARVALHO FREIRE, Pinacoteca – MELQUIZEDEQUE MEDEIROS DE ASSIS e ACADEMIA APODIENSE DE LETRAS e MUSEU DE CULTURA POPULAR.Primeira diretoria:DIRETOR – EDDY RUMMENICK DUARTE MARINHOVICE DIRETOR – ANTONIO GENILDO DE SOUZARESPONSAVEL PELO MUSEU DE CULTURA POPULAR – Marcos Marcones MarinhoBIBLIOTECÁRIO – Antonio Genildo de Souza
O FERSA
FERSA – FÓRUM DE ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA SOCIEDADE APODIENSECriado em 2003O QUE É UM FÓRUM DE ENTIDADESÉ um movimento da sociedade civil, apartidário, que tem como missão criar intervenções estratégicas que alavanquem o desenvolvimento econômico, social, cultural e artístico da região. Todos podem participar e devem ser bem-vindos, podendo opinar sobre qualquer assunto colocado em discussão.PresidentePRESIDENTEFLAVIANO MOREIRA MONTEIRO, natural de Apodi-RN, nascido em 5 de maio de 1972, filho de Francisco Monteiro de Oliveira, nascido em 25 de janeiro de 1950, filho de Elias Monteiro Cavalcante (24/4/1912 – 24/11/1997) e de Francisca Diógenes de Oliveira (23/8/1918 – 7/12/1994) e de Maria Moreira de Oliveira, natural de Apodi, nascida em 27 de dezembro de 1947, filha de Francisco Moreira e de Raimunda Alves da Costa. Professor de Geografia, pesquisador e radialista.

BIBLIOTECA MUNICIPAL VÁLTER DE BRITO GUERRA
Mantém viva à memória de Valter de Brito Guerra, o maior e melhor patrimônio cultural de ApodiRua João Nogueira, s/nº - Apodi-RNFoi fundada em 23 DE MARÇO DE 1941 pelo então prefeito de Apodi, o Padre Origens Monte, com a denominação de Machado de Assis, cuja denominação perdurou-se de 1941 até 2003, quando a Câmara Municipal aprovou unanimidade o Projeto de Lei do vereador Antonio de Souza Maia Júnior e o Prefeito José Pinheiro Bezerra aprovou o referido projeto o qual originou a Lei Nº dando nova denominação a Banda de Musica, passando a ser chamada de biblioteca pública municipal VÁLTER DE BRITO GUERRA.Sediada na Rua Manuel Nogueira, s/nº - Centro, porém, antes já havia sido instalada no antigo prédio do IBGE, na Rua Nossa Senhora da Conceição, posteriormente funcionou por vários anos na Praça Francisco Pinto, prédio onde funcionou a Câmara Municipal, depois funcionou na Rua Raimundo Nonato. No Bairro Malvinas.A biblioteca Valter Guerra funciona diariamente pela manhã, à tarde e à noite, atraindo cerca de 300 estudantes, pesquisadores e leitores de romances.A biblioteca Municipal possui um acervo de mais de cinco mil livros de romances, literaturas, enciclopédias e livros de atualidade.Em 1993 a biblioteca Valter Guerra estava quase fechando e o prefeito José Pinheiro Bezerra, em seu primeiro mandato (1993/1996) providenciou novas instalações com novos móveis para acomodar os livros.Infelizmente não foi possível conseguir a relação de todos os coordenadores da Biblioteca Pública Municipal de Apodi, apenas conseguimos os nomes de alguns deles, assim vejamos:
1993 – JOSÉ NARCISIO GUERRA1999
– Maria Alzeneide de OliveiraAcreditamos que a Biblioteca bem estrutura e eficiente numa cidade é um significativo estimulo à motivo de honra e orgulho de um povo que ama o conhecimento, a sapiência.Ciente disso, as Bibliotecas públicas do município de Apodi – VÁLTER DE BRITO GUERRA, como também da Academia Apodiense de Letras, locada na Casa de Cultura Popular de Apodi, decidem formar parceria no intuito, de juntas, trabalharem para alcançar objetivos em comuns como, o de melhorar seu acervo para pesquisas (obras, documentário, periódicos, fragmentos literários norte-rio-grandense, etc), melhoria no seu ambiente físico, tendo em vista o mínimo de conforto para seus freqüentadores e, principalmente, trabalhar definitivamente para a inclusão digital e acesso a Internet, proporcionando aos seus usuários e funcionários uma utualização constantes das novas metodologias de pesquisas e acesso direto em tempo real das informações e conhecimentos na atualidadeEntendemos que a participação da sociedade civil organizada, órgãos públicos e outros agentes poderão participar diretamente nestes movimentos de apoio a educação, cultura e, principalmente no fortalecimento das nossas bibliotecas públicas com o propósito de ampliar a dimensão da responsabilidade social de empresas e dos voluntários amigos da biblioteca e amantes do livro. E, por fim, valorizar e destacar a instituição BIBLIOTECA PÚBLICA, como um dos principais símbolos do patrimônio histórico-cultural humano, incentivadora do exercício intelectual e da cidadania, de um povo forte e de todas as forças vivas da sociedade.É uma vergonha para o Apodi, uma cidade com quase 40 mil habitantes, infelizmente, ainda não possui uma Biblioteca Municipal à altura de seu povo, que nem sequer tem uma sede própria, vive de rua em rua, como já falei anteriormente. De 1982 até hoje a biblioteca já esteve em cinco endereços e nem sequer possui um computador e seu acervo é limitadíssimo, de apenas cinco mil livros, porém, bons livros, são muitos poucos, daí se faz necessário que a população faça doação de livros a instituição, já que o Poder Executivo, nem o Legislativo, não fazem sua parte, tendo em vista o grande número de visitas diárias e a biblioteca está com a quantidade de livros muito pequena para atender a demanda e quem estiver com livro em casa que não esteja sendo utilizado deveria doar para fortalecer o acervo da biblioteca

BANCÃO SEBRAE

Rua Padre Renato, 260 – Centro

Instalado em 19 de julho de 2006

FONE - 33332427

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), implantou no dia 19 de julho de 2006 em Apodi o Programa Balcão Sebrae. A instalação contou com a presença de autoridades, empresários e da sociedade apodiense, diretor-administrativo do Sebrae, Murilo Diniz, membros do Conselho Deliberativo do órgão, Leônidas Ferreira de Paula, Célio José Vieira de Moura, gerente Regional do Sebrae, Vamberto Tôrres de Almeida, dentre várias outras representações da sociedade.

O Balcão Sebrae de Apodi tem como objetivo principal servir como um centro de informações para atender com agilidade e precisão as demandas de empresários e empreendedores da região.”assumindo um compromisso com o desenvolvimento do Apodi e com sua população.

O Balcão desde de sua instalaçaão até hoje funciona em um escritório na sede da CDL de Apodi e tem expediente de atendimento das 7h30 às 17h30 –


CENTRAL DO CIDADÃO DE APODI

Lnaugurada em 4 de janeiro de 2007

Foi inaugurada as 19 horas, do dia 4 de janeiro de 2007 (Quinta-feira), com a presença da Exm{a Senhora governadora Vilma de Faria e do secretário estadual de Justiça e Cidadania, Leonardo Arruda Câmara. A unidade que fica localizada na Avenida Marechal Floriano Peixoto, Centro, no prédio onde funcionou o Cine Deon, de Altino Dias de Paiva. O prédio foi totalmente reformado pelo governo do Estado, com uma área de 560 metros quadrados, de fácil acesso. O Governo do Estado investiu 800 mil reais, entre adaptação do prédio, móveis, equipamentos e toda estrutura de lógica e informática. O primeiro diretor da Central do Cidadão de Apodi foi LUIZ SALES DA COSTA



GRUPO TEATRAL FLORESCER
Fundado no dia 15 de abril de 1995, o Grupo Teratal Florescer tem a finalidade de difundir arte de teatro em Apodi, dispertando no espírito da juventude o desenvolvimento cultural e artístico. A iniciativa de se criar esse grupo teatral, partiu do jovem Jionaldo Pereira de Oliveira.

REPARTIÇÕES, ENTIDADES E SERVIÇOS EXISTENTES EM APODI
MATERNIDADE CLAUDINA PINTO – 17/01/1960
HOSPITAL REGIONAL HÉLIO MORAIS MARINHO – 01/08/1987
ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA ALVANIR DE FREITAS – 24/03/1994
CASA DE CULTURA – 09/11/2005
COOPERATIVA POTIGUAR DE APICULTURA – 03/04/2004
BANCO POSTAL – 10/06/2002

BANCO DO BRASIL – 1978
BANCO DO NORDESTE - 12 de novembro de 1979
ESCOPADEIRA DE ARROZ BRENO -12/22/1995
CIRETRAN –
ASSOCIAÇÃO CULTURAL E DESPOTIVA APODIENSE – 14/7/1957
AÇOUGUE PÚBLICO – 23/03/1948
APODI ESPORTE CLUBE – 13/06/1983
FÓMUM MUNICIPAL DESEMBARGADOR NEWSTON PINTO – 17/08/2006
NÚCLEO DO ISODO – 24/02/2000
ACADEMIA APODIENSE DELETRAS – 23/03/2006
CDL – 02/08/1991
LOJA MAÇONICA – 16/10/1982
CENTRO ESPIRITA -
MERCADO PÚBLICO - 1974
ACADEMIA ESTUDANTIL DE LETRAS – 04/12/2008
COMPANHIA DE POLÍCIA MILITAR – 21/01/1002
CENTRAL DO CIDADÃO – 04/01/2007
CEMITÉRIO PARQUE DA SAUDADE -
PRIMEIRA BANDA MUNICIPAL – 23/06/1890
BANDA DE MÚSICA ANTÔNIO DE PAUDA -
SEPS – 23/03/1958
PRÉDIO DO SESP – 09/07/1987
BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL VÁLTER GUERRA – 23/03/1941
COMARCA DE APODI – CRIADA A 15/6/1875 E INSTALADA A 11/9/1876
PREFEITURA MUNICIPAL – 23/03/1835
CÂMARA MUNICIPAL – 09/10/1835
PARÓQUIA – 03/02/1760
PAVIMENTAÇÃO DA BR 405.MOSSORÓ/APODI – 04/01/1980
PAVIMENTAÇÃO DA BR 405, APODI PAU DOIS FERROS – 04/09/198
PAVIMENTAÇÃO DA RODOVIA DE SOLEDADE – 10/03/2006
PAVIMENTAÇÃO DA RN 233 – 05/03/1993
COTREMA – COOPERATIVA DOS TRABALHADORES MÚLTIPLOS SERVIÇOS DE APODI- 16/02/1998
CENTRO SOCIAL BOM SAMARITANO – Fundado em 13 de junho de 1998
PARQUE DE VAQUEJA JOAQUIM SALES – 17/08/1987
GRUPO DE ESCOTEIURO MANOEL NOGUEIRA FERREIRA – 11/03/1987
PRIMEIRA SEMANA UNIVERSITÁRIA – 13/01/1979
ACENIS – 14/01/1979
GRUPO TEATRAL FLORESCER – 15/4/1995
PRIMEIRO POÇO DE PETRÓLEO – 16/05/1989
RÁRIO COMUNITÁRIA FM LUTA – 23/03/1996
RÁDIO COMUNITÁRIO CIDADE – 25/11/1998
RÁDIO VALE DO APODI (AM) – 23/06/2002
JORNAL VALE DO APODI -
JORNAL CORREIO DO OESTE –05/07/2008
REPATIDORA DE TV VERDES MARES – 07/04/1979
TORRE DA REPETIDORA DA TV CABUGI
TORRE DA REPETIDORA DA TV TROPICAL
TORRE AS REPETIDORA DA TV PONTA NEGREA – 26/09/2006
VALDIR MORAIS PEÇAS – 28/04/1981
AUTO-ESCOLA APODI – 26/09/2007
DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE APODI -08/12/1998
DISBEGAL-DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS GALVÃO – 15/03/1993
LIGA DESPORTIVA APODIENSE – 10/11/1985
LINK MAIS – 05/02/2004
HIPERNET - 28/03/2008
SUPERMERCADO QUEIROZ – 06/01/2004
ÁGUA MINERAL CRISTALINA DO OESTE – 26/06/2000
GRUPO TÁTICO DE COMBATE – 31/05/2001
DELEGACIA DE POLÍCIA – 02/01/1848
JORNAL O VALE DO APODI – 04/01/2003
INDÚSTRIA DE LATRICÍNIOS DE APODI – 27/11/1997
FÓRUM DE ENTIDADS REPRESENTATIVAS DA SOCIEDADE APODIENSE – 23/08/2003
PRIMEIRO CARTÓRIO – 14/05/1845
SEGUNDO CARTÓRIO – 10/03/1936
VARA CIVIL – 12/01/2001
VARA CRIMINAL – 12/01/2001
SECRETARIA MINISTERIAL DE APODI – 06/01/2000
CONSELHO TUTELAR DO DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – 13/12/1990
JUIZADO ESPECIAL – 01/05/1996
TEXAS CLUBE – 02/08/2003
HOTEL LIBIDO – 10/10/1997
HOTEL SANTA CRUZ - 2000
CAPELA DE SÃO FRANCISCO 01/08/1999
BANDEIRA MUNICIPAL – 16/08/1982
COLÉGIO INTEGRAÇÃO – 29/12/2001
MATADOURO PÚBLICO RAIMUNDO DE SOUZA – 15/11/1982
GRUPO FERREIRA PINTO – 1911
ESCOLA ESTADUAL PROFSSOR ANTONIO DANTAS – 09/06/1966
ESCOLA ESTADUAL GERSON LOPES – 1980
ESCOLA ESTADUAL SEBASTIÃO DE OLIVEIRA- 1937
ESCOLA ESTADUAL VALDEMIRO VIANA –
ESCOLA MUNICIPAL LOURDES MOTA – 1980
NÚCLEO DE ENSINO SUPERIOR DA UERN -
ESCOLA ESTADUAL ANTONIA ALVES DE LIMA – 23/07/1999
ESTÁDIO ANTONIO LOPES FILHO – 16/07/1967
FUNDEVAP- 10/07/1966
SINDICATO DOS TRABJADORES RURAIS DE APODI – 1963
SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE APODI -
FALS-FUNDAÇÃO AMIGOS DO LAJEDO DE SOLEDADE – 13/01/1993
INNS – 16/09/2005
ESCOLA PROFESSORA ALVANIR DE FREITAS – 24/03/1994
PALÁCIO FRANCISCO PINTO – 23/03/1929 E REINAUGURADO EM 23/06/1996
BIBLIOTECA DO BICO TORTO – 22/12/2005
HINO MUNICIPAL – 03/03/1914
CAERN – 30/03/1978
COSERN – 14/11/1972
CEMITÉRIO PÚBLICO – 13/04/1863
CEMITÉRIO PARQUE SAUDADE - 26/06/1990
ENERGIA ELÉTRICA A MOTOR – 07/09/1939
GINÁSIO VILSON CUSTÓRIO – 22/12/2000
COLÔNIA DE PESCADORES – 04/05/2001
BARRAGEM DE SANATA CRUZ – 11/03/2002
CAPELA DE MÃE RAINHA – 18/08/2002
ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO TARGINO – 08/08/1984
CAPELA DE SÃO PEDRO DO CÓRREGO – 28/06/1982
CAPELA DE SÃO FRANCISCO DO CÓRREGO – 03/10/1982
ESCOLA DO SÍTIO CÓRREGO – 27/08/1980
TELEMAR – 30/03/1978
PONTE NA BR 405, SAÍDA P/PAU DOS FERROS -13/04/1953
13º DIRED -22/12/1976
programação da Rede Tropical de Televisão – TV Tropical - 05/01/2002
LEI ORGÂNICA – 05/05/1990
IGREJA DE CRISTO – 07/01/1970
ASFOCO-ASSOCIAÇÃO DE FORMENTO À CAPRININOCULTURA – 01/05/2000
LOTERIA BOTIJA – 20/07/2005
CLUBE DE DESBRAVADORES MARANATA – 07/07/1995
RODOVIÁRIA DERIM LEITE – 01/09/1987
IGREJA BATISTA – 07/09/1962
ESCOLA ZENILDA GAMA – 11/11/1998
ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR ANTONIO DANTAS -
CAPELA DE SÃO FRANCISCO DE MELANCIAS – 20/01/1958
ASSEMBLÉIA DE DEUS -
CONSELHO DO BAIRRO BICO TORTO – 06/10/1999
ESCOLA EVANGÉLIVA BETEL – 25/01/1990
COLÉGIO NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – 18/03/1991
CIEN-CENTRO INTEGRADO Dr. EUGÊNIO MARINHO – 08/03/2003
GRUFTE-GRUPO FLORESCER DE TEATRO – 12/04/2001
ENSINO MÉDIO – 16/12/1976
AABB – 18/05/1976
ACDA – 14/07/1957
EMATER – 1976
WEST NEWS – 22/12/2008
OESTE NEWS – 27/02/2009
CLUBE DE MÃES – 04/04/1988
CENTRO SOCIAL DE IDOSOS – 02/11/1987
LAR DA DA CRIANÇA POBRE DE APODI – 01/08/1984
PMDB – 24/09/1987
CAIC - 1996
APAMI DE APODI – 03/01/1960
SINTRAMA – 1991
PSF DA BAIXA DA ALEGRIA – 27/09/2007
PRAÇA ROBSON LOPES – 23/03/1996
PRAÇA RAIMUNDO CABRAL DE MELO – 23/12/2006
PRAÇA GETÚLIO VARGAS - 1995
CENTRO ESPIRITA NOVA VIDA – 25/10/1992
LEGIÃO DE MARIA – 22/08/1971
JUNTA DO SERVIÇO MILITAR – 1945
CORREIOS – 23/08/1836
ABRIGO DE PASSAGEIROS RAIMUNDO CABRAL DOS SANTOS – 23/03/2006
PRAÇA JÚLIO MARINHO – 23/02/2002
PRAÇA AMANCIO LOPES – 10/01/2001
PRAÇA GETÚLIO VARGAS (MATRIZ) - 1974
PRAÇA REDENÇÃO (MATERNIDADE) 1993
PRAÇA DA BÍBLIA (CAIC) - 2007
PRAÇA DA JUVETUDE -
ASSEMBLÉIA DE DEUS – 20/11/1965
IGREJA PRESBITERIANA – 19/12/1999


POSTO BRASÍLIO - 1972

POSTO UNIÃO DE LUIZ GONZAGA DE MELO -

POSTO KURIO - BR 405, SAÍDA PARA CARAÚBAS
POSTO CIDADE

POSTO APODI
DEMOCRATAS - 03/02/1985

REFRIGERENTES FORRÓ - 2000
BALCÃO DO SEBRAE - 19/07/2006

ESSÊNCIA DO CAMPO
CHEIRO VERDE

ASSOCIAÇÃO DE PEQUENOS AGRICULTORES DO VALE DO APODI, fundada em 14 de agosto de 1963, que teve como primeiro presidente o senhor Antonio Matildes de Freitas
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL – AABB, Rua Joaquim Teixeira de Moura, s/nº, fundada em 18 de maio de 1976
ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA FLAMENGO DO SÍTIO GÓIS, fundada em 01 de setembro de 1974
ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE GERAÇÃO DE RENDA DO MUNICÍPIO DE APODI, Rua Francisco Pinto, nº 50, fundada em 23 de maio de 2002
ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO CONJUNTO DOS ENCANTOS, fudada em 29 de abril de 1996
ASSOCIAÇÃO DO PROJETO DE ASSENTAMENTO DE REFORMA AGRÁRIA DE SOLEDADE, fundada em 7 de setembro de 1989
ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO CONJUNTO DO IPE, fundada em 17 de julho de 1990
ASSOCIAÇÃO DE AGRICULTORES DE MELANCIAS, fundada em 20 de julho de 1992
ASSOCIAÇÃO DOS PEQUENOS AGRICULTORES DE CÓRREGO E SÍTIOS REUNIDOS, fundada em 30 de maio de 1993
ASSOCIAÇÃO CLUBE DE MÃES DO CONJUNTO DO IPE, fundada em 12 de novembro de 1993
ASSOCIAÇÃO DOS AGRICULTORES DO SÍTIO CÁPUA, fundada em 10 de setembro de 2006
ASSOCIAÇÃO DO PROJETO DE ASSENTAMENTO DE REFORMA AGRÁRIA DE SOLEDADE, fundada em 7 de setembro de 1989
CENTRO ESPORTIVO APODIENSE, fundado em 14 de julho de 1952
CENTRO BENEFICIENTE DE MELANCIAS, fundado em 28 de outubro de 1987
CENTRO DE PROMOÇÃO HUMANA DO SÍTIO GÓIS, fundado em 7 de setembro de 1989, que teve como primeiro presidente o senhor Fernando Fernandes Chaves
CENTRO SOCIAL TANCREDO NEVES, com sede em Apodi, fundado em 9 de novembro de 1985
CENTRO SOCIAL JOSÉ FERNANDES, fundado em 4 de dezembro de 1986
CENTRO SOCIAL DO IDOSO DE APODI, fundado em 2 de novembro de 1987
FUNDAÇÃO HOSPITAR DE APODI, fundada em 14 de setembro de 1977
CENTRO SOCIAL PREFEITO HÉLIO MORAIS MARINHO, Rua Nova, fundado em 1º de maio de 1988
CENTRO SOCIAL B. GEORGE MARINHO COSTA, fundado em 9 de março de 1988
CENTRO DE PROMOÇÃO AGRÍCULA ANTONIO FRANCISCO DE FREITAS, sítio Poço de Tilon, fundado em 3 de dezembro de 1988
CENTRO SOCIAL FRANCISCO PEDRO DE OLIVEIRA, sítio Melancias, fundado em 18 de janeiro de 1990
CLUBE DE MÃES DE APODI “MARIA EDINOLIA CÂMARA DE MELO, fundado em 4 de abril de 1988
CLUBE DE MÃES DO IPE, FUNDADO EM 12 de novembro de 1993
CENTRO COMUNITÁRIO PADRE SNIJDERS – Sítio Queimadas, fundado em 22 de janeiro de 1998
CENTRO COMUNITÁRIO DO SÍTIO DO SÍTIO JUAZEIRO
GRÊMIO LÍTERO ESTUDANTIL “GERNONILDES CABRAL....
LAR DA CRIANÇA POBRE DE APODI, fundada em 1º de agosto de 1984
COLONIA DOS PESCADORES E AGRICULTORES DE APODI, instalada em 3 de março de 2002
CONSELHO COMUNITÁRIO DO BICO TORTO, fundado em 6 de outubro de 1995, que teve como primeiro presidente a pessoa de Evanildo Gomes da Costa
SOCIEDADE ESPÍRITA “CARIDADE E LUZ”, fundada em 24 de fevereiro de 2002
PRIMEIRA DIRETORIA:
PRESIDENTE – Luiz Ananias da Silva
VICE-PRESIDENTE – Antonio Maria Maurici
PRIMEIRO SSECRETÁRIO – Maria Redijania Gomes Pinto
SEGUNDO SECRETÁRIO – Francisca Kátia Leite Maia
PRIMEIRO TESOUREIRO – Irineide izaura de Lima Silva
SEGUNDO TESOUREIRO – Francisca Maria do Céu Melo Freitas Ferreira



PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
O RN PASSA POR AQUI! - A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, COM 20 BLOGS E 1780 LINKS (55 DO MUNICÍPIO DE APODI), CRIADO A 28 DE DEZEMBRO DE 2008, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR.
VOCÊ APODIENSE TEM MOTIVOS, RAZÕES E CIRCUNSTÂNCIAS PARA ACESSAR O LINK “APODI”, PRINCIPALMENTE, SE ÉS INTELIGENTE E QUE REALMENTE, AMA DE VERDADE SUA TERRA NATAL. VOCÊ VAI ENCONTRAR A MAIOR FONTE DE PESQUISA REFERENTE AO MUNICÍPIO DE APODI

PERFIL

Minha foto
É o blog da cultura, política, economia, história e de muitas curiosidades regionais, nacionais e mundiais. Pesquisamos, selecionamos, organizamos e mostramos para você, fique atenado no Oeste News, aqui é cultura! SÃO 118 LINKS: SEU MUNICÍPIO - histórico dos 167 municípios potiguares; CONHECENDO O OESTE, MOSSORÓ, APODI - tudo sobre o município de Apodi, com fatos inéditos; MOSSORÓ - conheça a história de minha querida e amada cidade de Mossoró; SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO e APODIENSE DE CORAÇÃO; JOTAEMESHON WHAKYSHON - curiosidades e assuntos diversos; JULLYETTH BEZERRA - FATOS SOCIAIS, contendo os aniversariantes do mês;JOTA JÚNIOR,contendo todos os governadores do Estado do Rio Grande do Norte, desde 1597 a 2009; CULTURA, POLICIAIS MILITARES, PM-RN, TÚNEL DO TEMPO, REGISTRO E ACONTECIMENTO - principais notícias do mês; MILITARISMO. OUTROS ASSUNTOS, COMO: BIOGRAFIA, ESPORTE, GENEALOGIA, CURIOSIDADES VOCÊ INTERNAUTA ENCONTRARÁ NO BLOG "WEST NEWS", SITE - JOTAMARIA.BLOGSPOT.COM OESTE NEWS - fundado a XXVII - II - MMIX - OESTENEWS.BLOGSPOT.COM - aqui você encontrará tudo (quase) referente a nossa querida e amada terra potiguar. CONFIRA...

ARQUIVO DO LINK APODI

MUSEU DE SOLEDADE

MUSEU DE SOLEDADE

DOCUMENTO

DOCUMENTO

SANTA LUZIA

SANTA LUZIA
NOSSA QUERIDA E AMADA SANTA

CLAUDINA PINTO

CLAUDINA PINTO

DONA MANA PINTO

DONA MANA PINTO
MARIA FRANCISCA PINTO GOMES E ARAÚJO. Conhecida popularmente por “MANA PINTO”, natural de Apodi, nascida a 21 de agosto de 1948, filha de João Gomes da Costa Letice Pinto Gomes. Professora. Faleceu no dia 13 de agosto de 2012

FÁTIMA NOBRE

FÁTIMA NOBRE
1ª VEREADORA APODIENSE

DONA CECÍLIA MARTINS

DONA CECÍLIA MARTINS

ZULEIDE MARINHO

ZULEIDE MARINHO
PRIMEIRA VICE-PREFEITA DE APODI

DRa. MARIA APARECIDA

DRa. MARIA APARECIDA
PRIMEIRA MÉDICA APODIENSE

DRa. MARIA NEIZE DE ANDRADE FERNANDES

DRa. MARIA NEIZE DE ANDRADE FERNANDES
1ª JUÍZA APODIENSE

DRa. MARIA AUXILIADORA DA SILVA MAIA

DRa. MARIA AUXILIADORA DA SILVA MAIA
1ª ADVOGADA APODIENSE

MAJOR JOSÉ GURGEL

MAJOR JOSÉ GURGEL
PRIMEIRO OFICIAL APODIENSE

JOSÉ FERREIRA LEITE

JOSÉ FERREIRA LEITE
DERIN LEITE, PRIMEIRO MOTORISTA DE APODI

CASA DE CULTURA

CASA DE CULTURA

SEBASTIÃO PAULO

SEBASTIÃO PAULO

ANTONIO BELCHIOR

ANTONIO BELCHIOR
SEGUNDO MOTORISTA DO APODI

ANTONIO DE PÁDUA

ANTONIO DE PÁDUA

BRASÃO DA CÂMARA MUNICIPAL

BRASÃO DA CÂMARA MUNICIPAL
APODI-RN

BRASÃO DO MUNICÍPIO DE APODI

BRASÃO DO MUNICÍPIO DE APODI

DOMINGOS FREIRE

DOMINGOS FREIRE

MANOEL ANTONIO

MANOEL ANTONIO

BRENO GALVÃO

BRENO GALVÃO

JÚLIO MARINHO

JÚLIO MARINHO

CAPITÃO LUÍS CARLOS

CAPITÃO LUÍS CARLOS

FERNANDO MAGALHÃES

FERNANDO MAGALHÃES

BARRAGEM ALUÍZIO ALVES

BARRAGEM ALUÍZIO ALVES
Sítio santa Cruz,Apodi-RN

MATRIZ DE APODI

MATRIZ DE APODI
N.S.DA CONCEIÇÃO e SÃO JOÃO

PALÁCIO FRANCISCO PINTO

PALÁCIO FRANCISCO PINTO
Sede do Poder executivo apodiense

DITO DE DOCA

DITO DE DOCA
GRANDE HOMEM APODIENSE

CÂMARA MUNICIPAL

CÂMARA MUNICIPAL
EX-PRESIDENTES DA CÂMARA MUNICIPAL DE APODI

MILTON SALES

MILTON SALES

BENEDITO MORAIS

BENEDITO MORAIS

3ª CPM/2º BPM

3ª CPM/2º BPM
NOSSA SEGURANÇA

16ª CIRETRAN

16ª CIRETRAN
APODI-RN

ADAILTON TARGINO

ADAILTON TARGINO

APODI ESPORTE CLUBE

APODI ESPORTE CLUBE

CDL DE APODI

CDL DE APODI

NÚCLEO DA UERN

NÚCLEO DA UERN
APODI

NOVA TIMBAUBA DO APODI

NOVA TIMBAUBA DO APODI

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS